quarta-feira, 8 de julho de 2009

O qué que há (de novo)?

O tratamento para a maioria das mazelas sociais começa com a educação. Não é solução para problema nenhum saber o gabarito da questão se não houver conhecimento sobre a mesma. Nada de novo.
Não há interesse político interno ou externo e muito menos das camadas mais ricas (interesse econômico) em mudar as condições sociais e intelectuais daqueles que, de fato, só são úteis se mantidos estáticos e alienados por fim da sustentação da Vossa Senhoria, o ciclo do capitalismo. Fala-se dos pobres.
É, chega de papo manjado. Nem sei por que diabos inventei de escrever isso.

Um comentário:

  1. minha flor, você escreve tão bem!
    eu nessa minha sina de só escrever sobre amor, tsc tsc.

    tá lindo isso aqui, beijos.

    ResponderExcluir